Como se dar bem em uma entrevista de emprego? Veja algumas dicas e o que não fazer

Depois de fazer o currículo, enviar para a empresa, e em algumas situações até participar de algumas primeiras fases em um processo seletivo, chega a temida hora da entrevista de emprego.

Crie  o seu currículo em 15 minutos

A nossa coleção gratuita de modelos de cartas de apresentação projetados por especialistas irá ajudá-lo a destacar-se da multidão e a chegar um passo mais perto do emprego dos seus sonhos.

Crie o seu currículo
Índice
Índice

Crie o seu currículo em 15 minutos

A nossa coleção gratuita de modelos de cartas de apresentação projetados por especialistas irá ajudá-lo a destacar-se da multidão e a chegar um passo mais perto do emprego dos seus sonhos.

Criar o meu currículo

Esse é sempre um momento muito desafiador e pode causar muito nervosismo ao candidato, seja aquele que já passou por essa experiência milhões de vezes até para aquele que está fazendo a sua primeira entrevista de trabalho.

Por isso, é importante sempre manter a calma, e seguir algumas dicas objetivas que podem facilitar no momento de ser entrevistado para a tão sonhada vaga.

Conheça algumas das principais perguntas feitas em qualquer entrevista de emprego e saiba como responder cada uma delas.

"Fale um pouco sobre você"


Apesar de cada entrevista de emprego ser única, e cada área profissional ter perguntas específicas, existem alguns "clichês" que são ditos pela maioria dos recrutadores. O primeiro deles com certeza é quando o entrevistador diz: "fale um pouco sobre você".

Essa frase normalmente é dita no início da entrevista, para que o recrutador consiga conhecer um pouco mais de você antes de fazer perguntas mais específicas relacionadas a vaga.

Antes de descobrir as suas habilidades e entender se você é o candidato que ele procura, ele quer ver de que forma você se apresenta.

Mas qual a melhor forma de responder essa questão tão complexa? A verdade é que não tem uma resposta correta, mas algumas indicas podem te ajudar a ver qual é a sua melhor forma de falar um pouco sobre si mesmo.

Relacione a sua vida pessoal com a sua carreira


Algo que pode ser interessante para o recrutador é que você "misture" a sua vida pessoal com a profissional. Comece contando brevemente sobre sua idade, onde nasceu e quem é a sua família.

Comece contando da sua formação profissional, e se sentir que é interessante, também explique porque escolheu essa carreira e como ela se relaciona com seus gostos pessoais e hobbies. Falar sobre as coisas que você gosta de fazer pode ser relevante, mas não se prolongue.

Contar brevemente um pouco da sua vida pessoal pode tornar a entrevista mais humanizada e um pouco menos engessada, "quebrando o gelo" inicial.

entrevista de trabalho

Faça uma linha do tempo profissional


Depois, comece a falar da sua trajetória profissional, detalhando as experiências que acredita serem relevantes para a vaga, contando o que fazia em cada emprego e como isso te ajudou a se desenvolver como profissional.

Crie uma espécie de linha do tempo e aproveite para contar de mais detalhes pessoais que podem interessar para o contexto profissional, incluindo também atividades extracurriculares, cursos e prêmios, por exemplo.

Mas tenha cuidado! Não repita tudo que está no seu currículo. O recrutador está com o seu currículo em mãos e ele já sabe de todas essas informações.

Tente acrescentar para a conversa fatos importantes que não estão ali, repetindo e reforçando os que já estão no currículo, mas que você acredita que precisam de mais detalhes.

Destaque suas habilidades mais relevantes


Por fim, não se esqueça de contar as suas principais habilidades, principalmente aquelas que se relacionam diretamente com a vaga em que você está concorrendo.

Descrever as suas habilidades é a melhor forma do recrutador conhecer mais sobre você e perceber porque você pode ser um bom funcionário para a empresa.

Nunca esqueça de detalhar cada habilidade sempre citando exemplo de como você já utilizou elas em outras experiências profissionais e como elas te ajudaram a se desenvolver na sua carreira ou até como pessoa.

Fale das suas "hard" e "soft" skills


Nesse momento, é interessante citar as suas "hard skills" e também as suas "softs skills".

As "hard skills" são aquelas relacionadas diretamente a sua área profissional, aquelas que você adquiriu durante a sua universidade, cursos extracurriculares e etc.

Elas são habilidades que podem ser facilmente aprendidas e ensinadas por meio de cursos, treinamentos e etc. São basicamente aptidões técnicas de um profissional. Veja alguns exemplos:

  • Conhecimento em uma língua estrangeira;
  • Graduação;
  • Cursos técnicos;
  • Mestrados e doutorados;
  • Conhecimento na operação de máquinas e ferramentas;
  • Habilidades ligadas à informática.

Já as "soft skills" são habilidades comportamentais, relacionadas a forma com que cada pessoa reage diante de um ambiente profissional.

Diferente das hard skills, essas habilidades são mais difíceis de serem ensinadas ou assimiladas. Elas também estão muito ligadas a personalidade de cada um. Porém, durante o trabalho elas podem serem desenvolvidas com o tempo na empresa.

Veja alguns exemplos:

  • Comunicação interpessoal;
  • Capacidade de persuasão;
  • Proatividade;
  • Resolução de conflitos;
  • Capacidade de trabalhar sob pressão;
  • Senso de liderança;
  • Capacidade analítica.

Fale por que quer trabalhar naquela empresa


Demonstre para o recrutador porque você é o candidato perfeito para aquela vaga e como você pode contribuir positivamente para a empresa.

Deixe claro que você tem muita força de vontade para trabalhar naquele local e esta disposto a aprender cada vez mais se conseguir o cargo.

Pode ser que o recrutador faça essa pergunta no final, mas é importante já demonstrar desde o início o seu grande interesse na vaga.

Cite algum exemplo de como você pode ser um bom funcionário, fale da forma como você trabalha e demonstre o quanto você pretende se desenvolver profissionalmente no futuro enquanto trabalha naquele local.

entrevista de trabalho

"Quais são seus 3 defeitos?"


Outra pergunta muito comum nos processos seletivos é "quais são seus 3 defeitos?". Muitos recrutadores perguntam apenas das suas principais qualidades, já outros, também querem saber os defeitos.

É claro que não é fácil falar dos nosso defeitos, ainda mais em uma entrevista de emprego. Por isso, ao responder essa pergunta, é necessário que você demonstre o que está fazendo pra melhorar isso.

Se você disser que é desorganizado, por exemplo, deixe claro que você está tentando melhorar esse aspecto da sua personalidade.

Nunca fale dos seus defeitos como uma forma de se autodepreciar. Seja honesto, mas nunca fale mal de você mesmo para o recrutador.

Afinal, você precisa ser inteligente na hora de dar resposta, seja humilde, mostrando a sua vontade de superar os seus defeitos.

O objetivo do entrevistador é saber até que ponto o trabalhador consegue identificar problemas e como contorná-los, assim como ter noção de que tipo de pessoa contará na empresa. Assim como ela se dará no trabalho em equipe.

Exemplo:

"Ser organizado não é o meu ponto mais forte, mas encontrei uma forma de gerenciar o tempo e tarefas que realmente melhorou a minha capacidade de organização".

Também é importante fugir dos clichês, como dizer que você é muito perfeccionista. Isso pode soar até como uma certa soberba, como se você acreditasse que não tem defeitos.

"Por que você acha que eu devo te contratar?"


O recrutador também irá te fazer uma pergunta crucial, que deve estar na ponta da sua língua caso seja feita: "Por que devo te contratar?"

Nesse momento, é importante relembrar as suas habilidades já citadas, e fazer um resumo dos principais pontos já ditos na entrevista, uma vez que essa pergunta costuma ser feita no final da conversa.

Relembre suas qualidades, habilidades, seus últimos feitos, suas conquistas e principais feitos na sua carreira profissional, além dos motivos porque quer trabalhar na empresa.

"De que forma as suas competências preenchem os requisitos da vaga pretendida?"


Essa é outra pergunta muito comum e parecida com a anterior. O recrutador pode pedir para que você relacione suas habilidades, experiências profissionais e qualidades com a vaga que você está concorrendo.

Deixe bem claro de que forma você encaixa naquela vaga, quais interesses seus e princípios você tem que são parecidos com os da empresa.

Saiba exatamente o que aquela vaga está pedindo na descrição, para que você consiga exemplificar porque você é um bom candidato e deve ser escolhido.

Mostre que suas habilidades, experiências e principalmente, sua força de vontade de aprender cada vez mais tornam você o candidato que tem o perfil para a vaga.

"Quais são as semelhanças entre a vaga que você está concorrendo e as suas experiências profissionais anteriores?"


Relacionar a suas experiências anteriores com a vaga que você está concorrendo pode ser necessário na maioria das entrevistas de emprego, por isso, esteja preparado caso essa pergunta apareça.

Falar sobre sua experiência profissional anterior é o básico de qualquer entrevista, mas saber a melhor forma de conectar seus projetos já feitos com a experiência futura que você está buscando é o que pode destacar o seu perfil na hora da entrevista de emprego.

entrevista de trabalho

Apresente quais são os valores que você não abre mão


Falar sobre os seus valores é muito importante para que o recrutador te conheça e entenda que você tem éticas pessoais parecidas com as da empresa.

Afinal, para além das habilidades profissionais necessárias, a sua personalidade também é importante. Não esqueça de mencionar em detalhes quais são esses valores e como são aplicados no seu dia a dia.

Crie seu currículo com os melhores modelos

FAQ: Principais dúvidas sobre uma entrevista de emprego

Existem algumas "regras não ditas" sobre como se portar em uma entrevista, ou seja, coisas que não devem ser feitas para que o candidato não se prejudique e consiga a vaga.

Existem algumas atitudes podem prejudicar um candidato desavisado. Veja algumas perguntas comuns e descubra o que não deve ser feito nessas situações.

1- O que não devo falar?

Como dito anteriormente, você está tentando "vender o seu peixe", mostrar suas melhores qualidades e habilidades. Por isso, é claro que não é o ideal você falar mal de si mesmo. Evite falar de situações ruins em que agiu de forma errada ou falar qualquer coisa que possa te prejudicar de alguma maneira.

Também evite falar mal de outras empresas que você já trabalhou ou contar que foi demitido, caso não perguntem por qual motivo você saiu daquele local de trabalho. Se perguntarem, claro, seja honesto. Caso não perguntem, não toque no assunto. Você precisa demonstrar que foi um profissional esforçado durante a sua trajetória profissional, e que está sempre disposto a aprender com os erros.

2- É ruim falar demais?

Durante uma entrevista de emprego, é importante ser comunicativo, mas não se estenda muito nas perguntas e fale informações irrelevantes ou desnecessárias. Seja claro e objetivo, responda prontamente o que é perguntado, mas não fale demais. Evite ser repetitivo e não torne a entrevista cansativa.

É importante não falar demais na pergunta fale um pouco sobre você, como também já foi citado anteriormente. Esse é o momento de você resumir sua vida e trajetória profissional, não contar cada detalhe e se aprofundar em diferentes assuntos. A objetividade é sempre crucial nas entrevistas de emprego.

3- O que pode causar uma má impressão?

Algumas atitudes durante uma entrevista de emprego podem causar uma impressão ruim e fazer com que o recrutador te elimine do processo.

A primeira delas é o atraso. Nunca chegue atrasado em uma entrevista. Esse é a primeira coisa que o seu futuro chefe vai achar de você: que você tem dificuldade de cumprir horários. Por isso, se planeje, saia de casa com muita antecedência e chegue antes no local.

Outra coisa que pode causar uma má impressão é a vestimenta. Utilize preferencialmente uma roupa social e elegante, que esteja de acordo com o a vaga e o local, claro, sem exagerar demais. Pesquise qual o tipo de roupa é usado naquela empresa e tente se adequar.

Demonstrar desinteresse pela oportunidade de emprego ou pelo entrevistador faz com que o entrevistador desista logo da sua candidatura, portanto, sempre se demonstre interessado em conseguir aquela vaga.

É comum sentir ansiedade durante uma entrevista, mas não deixe isso te tirar o foco. É preciso manter a calma para conseguir levar a conversa. Não demonstre que está muito nervoso, pois isso pode ser visto como uma insegurança.

Cuidado para não gaguejar ou deixar de concluir algum raciocínio quando estiver falando. Seja firme nas suas respostas, passe credibilidade e confiança para o recrutador.

Confira algumas coisas que NÃO devem ser feitas em uma entrevista.

  • Não minta
  • Não fale mal do seu antigo trabalho
  • Não utilize uma linguagem inadequada
  • Evite perguntar informações muito básicas sobre a empresa
  • Não vá contra os valores da empresa
  • Tente não dar respostas muito vagas
  • Não interrompa a pessoa que está entrevistando

Crie o seu currículo em 15 minutos

A nossa coleção gratuita de modelos de cartas de apresentação projetados por especialistas irá ajudá-lo a destacar-se da multidão e a chegar um passo mais perto do emprego dos seus sonhos.

Crie o seu currículo