Currículo oculto | Vantagens, como fazer e exemplos

O currículo oculto refere-se a um documento profissional que não admite interpretação subjetiva do recrutador. Assim, ele tem a função de estimular a diversidade e permite que todo os tipos de trabalhadores tenham acesso ao mercado de trabalho.

Classificação média para este modelo

5
Rated 5 out of 5
De 2 opiniões de clientes

Porém, não basta apenas excluir certas informações e dados do CV, é preciso que ele ainda seja otimizado e bem construído. Com isso, deixando o conteúdo adaptado para cada oportunidade que surgir.

Para entender melhor como esse tipo de documento funciona, separamos um post completo para te mostrar as vantagens de criar um currículo oculto. Então, continue acompanhando esta leitura para descobrir como criar o seu e participar de processos seletivos.

O que é um currículo oculto?

Para saber o que é currículo oculto é preciso entender um pouco sobre o mercado de trabalho. Atualmente, existem vários tipos de minorias que possuem pouco ou nenhum acesso a vagas e oportunidades de emprego reais. Veja algumas das questões práticas mais incidentes nesses conceitos:

  • Hoje, a relação é de apenas 1% dos trabalhadores nas maiores companhias no Brasil são indígenas (Instituto Ethos);
  • Mais da metade dos refugiados que vêm ao país trabalham na informalidade (IBGE);
  • Idosos (+60 anos) também entraram para a informalidade por pouco acesso ao mercado (PNAD);
  • Aproximadamente 38% das empresas brasileiras possuem limites para a contratação de homossexuais e pessoas transgêneras (Levantamento Demitindo Preconceitos);
  • Atualmente, aproximadamente 0,7% na relação dos cargos de coordenação ou direção são ocupados por pessoas pretas (Site Vagas.com).

A maioria desses problemas acontece durante o processo seletivo, lá na avaliação de currículo, com a formação de vieses inconscientes. Essas são algumas interpretações subjetivas por parte do recrutador, a partir de características dos candidatos fora de contexto real.

Então, surgiu o conceito de currículo oculto, cuja função é de um documento onde se tem poucas informações sobre o candidato e muitas sobre sua qualificação e experiência. Esses dados que poderiam gerar tendências ficam ocultos, deixando somente o que é importante para o cargo.

Com isso, é possível garantir muito mais acesso a profissionais de diversas minorias e de maneira competente. Hoje, grande parte das empresas já adota entre suas práticas esse modelo de seleção para evitar até mesmo processos por discriminação.

Por que fazer um currículo oculto para procurar emprego?

Nesse contexto, mais do que saber sobre currículo oculto significado é preciso entender como ele pode te beneficiar no mercado de trabalho. Afinal, é importante que esse tipo de CV traga melhores oportunidades de fato dentro dos processos seletivos, dentro de seus conceitos.

Portanto, confira alguns motivos pelos quais esse tipo de documento profissional pode ter uma boa função para suas candidaturas:

  • Melhores chances de contratação de acordo com a competências;
  • Elimina possíveis preconceitos contra instituições de formação acadêmica;
  • Garante que o recrutador foque em suas qualificações;
  • Te dá acesso a oportunidades de serviços diferenciadas.

Com isso, o empregador realmente irá focar em suas habilidades como profissional e não em conceitos subjetivos. Por exemplo, um candidato que mora em um bairro periférico ou considerado perigoso não precisa ter medo de ser eliminado por esse motivo.

Dessa forma, valoriza os profissionais pelas competências que possuem e a empresa não perde bons colaboradores por conta de “preconceitos”. Essa é uma das práticas que surgiram para tornar o mercado bem mais acessível para todos.

Quais as diferenças de um currículo oculto para um currículo formal?

Ainda, além de aprender o que é o currículo oculto, é preciso entender quais as diferenças entre o currículo formal e um oculto. De maneira geral, o CV formal é o que fazemos da maneira “tradicional”, com todas as informações relevantes.

Porém, no caso do currículo oculto, alguns dados principais não ficam discriminados. Confira o que muda nesse estilo de documento: 👇

  • Não são inseridos dados como idade, estado civil, data de nascimento ou endereço;
  • A etnia, gênero e orientação sexual não são utilizadas no CV;
  • As instituições de ensino não são adicionadas na formação educacional;
  • A nacionalidade também não é revelada no documento.

No caso de um currículo real formal e oculto, este primeiro pode conter (ou constar como requisito no processo seletivo) esse tipo de informação. Com isso, pode gerar algumas subjetividades e conflitos para o empregador.

Quer um exemplo? Digamos que você coloque em seu CV que possui um filho; automaticamente, o recrutador pode pensar que você não terá tanta dedicação com o trabalho, já que precisa suprir as necessidades da criança, optando por contratar alguém sem filhos.

Exemplo de currículo oculto

Então, agora que você já conhece os principais tipos de currículo oculto e formal, que tal entender como escrever o seu? Além de somente ocultar os dados, é preciso também adaptar algumas partes textuais do CV.

Assim, é preciso suprimir o gênero em todo o documento, não deixando claro quem está escrevendo. Nesse contexto, o outro ponto importante é focar nas qualificações e não nas instituições, valorizando mais ainda os pontos fortes de cada candidato.

Então, vamos para a parte de currículo oculto exemplos, já que deixamos um modelo para você se inspirar na hora de escrever seu CV:

Gerente de telecomunicações
+55 (13) 99871-5665
clmstelecom@gmail.com

Resumo de qualificações
Gerente de telecomunicações com graduação em Engenharia de Telecomunicações, com 2 anos de experiência na empresa Brasil Telecom, na área de  supervisão de projetos e análise de redes. Especialista em gerenciamento de TI e segurança em redes, com excelente domínio de inglês e chinês.

Experiência
Gerente de telecomunicações – Brasil Telecom
2014 – 2017

  • Supervisão de projetos e contas de clientes;
  • Gerenciamento das equipes operacionais;
  • Planejamento de melhorias;
  • Controle de qualidade nos atendimentos;
  • Relatórios para a gerência.

Educação
Pós graduação em segurança de redes
2018 – 2020 (1500 horas)

Graduação em Engenharia de Telecomunicações
2013 – 2017 (4000 horas)

Ensino médio – São Paulo/SP
2010 – 2013

Habilidades

  • Flexibilidade;
  • Comunicação;
  • Colaboração;
  • Resiliência;
  • Boa escrita;
  • Domínio de pacote Office;
  • Conhecimentos de tecnologias.
Observe que não se tem nenhum tipo de informação concreta sobre o candidato. Ainda, os contatos profissionais também precisam estar sem identificação, como o alias do e mail. Dessa forma, o foco fica inteiro nas realizações profissionais e competência do profissional.

Quais as vantagens de um CV oculto?

Depois de entender tanto a definição de currículo oculto, como a elaboração, é hora de entender quais as vantagens desse documento para o mercado. Então, separamos alguns dos principais pontos positivos que atribuir um CV oculto às empresas pode gerar:

  • Evita possíveis discriminações e preconceitos na leitura dos CVs;
  • Aumenta a diversidade no ambiente de trabalho;
  • Seleciona realmente os profissionais mais qualificados;
  • Garante a imparcialidade no recrutamento;
  • Ajuda na imagem da empresa ou marca;
  • Cria vínculos de trabalho mais assertivos e bem desenvolvidos;
  • Contratações com muito mais compromisso e interesse dos funcionários;
  • Evita conflitos de interesse em contratações de parentes.

Ainda, no currículo oculto conceito é bem simples: ampliar o acesso às vagas para cada vez mais pessoas, olhando os funcionários por suas qualificações e não suas características. Com isso, progredir para um mercado mais justo e com menos preconceito.

Elementos básicos de um currículo oculto

Porém, entender o que é currículo oculto exemplo pode gerar algumas dúvidas sobre os conteúdos. Afinal, dá uma certa insegurança tentar escrever esse documento sem gerar nenhum tipo de subjetividade no empregador.

Mas não precisa ser assim tão difícil criar o seu. As características do currículo oculto são basicamente as mesmas do CV tradicional. O que era relevante para as vagas (em termos de qualificações) com esse modelo básico, também vale para o oculto.

Portanto, deixamos uma lista com os principais pontos de especificidades para adicionar em seus currículos, caso opte por esse tipo de modelos: 👇

  • Cabeçalho resumido, apenas com o nome e contato de trabalho (às vezes nem o uso do nome são boas intervenções);
  • Resumo profissional focado nas realizações durante a carreira;
  • Experiências na área ou em outras funções;
  • Habilidades principais do candidato;
  • Seções adicionais (Questões de cursos para complementos, interesses e idiomas).

Todos esses conteúdos devem ser sintetizados em um currículo oculto pdf, da mesma maneira que no tradicional. Afinal, é importante manter o formato correto para que as informações não desconfigurem após o envio.

Cabeçalho e informações de contato do CV oculto

O cabeçalho em um CVs ocultos precisa ser focado apenas em informar à empresa como te encontrar para uma entrevista. Assim, precisa conter o mínimo de informações pessoais. Em alguns processos seletivos, nem o nome do candidato deve constar.

Confira um exemplo de uso e como adicionar o cabeçalho neste tipo de documento:

Cabeçalho no currículo oculto
Gerente de telecomunicações
+55 (13) 99871-5665
clmstelecom@gmail.com

Veja também a organização em um modelo com o cabeçalho para o currículo comum, com as informações inseridas nessa seção:

Cabeçalho no currículo formal
Michele Aranci Balete
Gerente de Telecomunicações
+55 (13) 99753-8265
michelebalete@gmail.com
https://www.linkedin/in/michelebalete

Observe que no segundo exemplo, podemos concluir à primeira percepção que o candidato para a vaga é uma mulher. Então, isso também pode gerar uma percepção diferenciada, mesmo que o restante do CV seja excelente, criando um viés durante a leitura.

Hora de inserir suas experiências

Para entender o que é um currículo oculto completo, não podemos deixar as experiências de lado, certo? Afinal, elas são métodos fundamentais para comprovar sua competência para desempenhar o cargo ou vaga para a qual se candidatou.

Porém, existem algumas diferenças na hora de escrever esse conteúdo no documento. Portanto, veja quais os parâmetros para incluir experiências em seus exemplos de currículo oculto:

  • Insira o cargo no qual trabalhou (sem adicionar o gênero);
  • Coloque o nome da empresa (com cidade e estado);
  • Inclua suas principais funções realizadas no cargo (também sem adicionar gênero);
  • Finalize descrevendo de modo objetivo suas principais atividades e realizações.

Essa é a forma correta de incluir uma experiência em um CV oculto. Note que não existe muita diferença em relação ao currículo tradicional, a não ser pela adaptação para não revelar qual o gênero do candidato, focando em atitudes e práticas de trabalho.

Posso incluir habilidades nesse tipo de CV?

Sim, na verdade você deve colocar esse tipo de conteúdo no documento. Afinal, no currículo oculto o que é importante são as suas qualificações e competências para o desenvolvimento das vagas para as quais se candidata.

Por isso, é sempre fundamental adicionar suas principais habilidades técnicas, de comportamentos e inter relações, valorizando ainda mais seus pontos fortes. Dessa forma, mostra que é um profissional competente e totalmente apto para desempenhar suas funções no ambiente de trabalho.

👉Desse modo, confira algumas habilidades que podem deixar seus currículos mais interessantes, te destacando dos outros candidatos :

Habilidades de comportamentos (soft skills)

  • Flexibilidade;
  • Comunicação;
  • Colaboração;
  • Resiliência;
  • Trabalho em equipe;
  • Trabalho sob pressão;
  • Organização;
  • Proatividade;
  • Auto gerenciamento;
  • Postura ética.

Habilidades técnicas (hard skills)

  • Boa escrita;
  • Domínio de pacote Office;
  • Conhecimentos de tecnologias;
  • Cursos complementares;
  • Idiomas;
  • Graduação e pós graduação;
  • Pensamento analítico;
  • Gerenciamento de pessoas;
  • Atendimento ao cliente (vendas e marketing).

Resumo profissional no currículo oculto

No currículo oculto, o resumo profissional precisa seguir as mesmas regras do restante deste tipo de documento profissional. Assim, não pode conter dados sobre etnia, gênero ou outras características dos candidatos.

Porém, da mesma maneira que os currículos tradicionais, é preciso incluir suas principais realizações dentro da carreira. O texto precisa ser objetivo, sem viés pessoal e não passar de 6 linhas, mostrando seu compromisso de interesse e porque as empresas devem te contratar.

👉Então, confira um modelo de resumo profissional correto para o CV oculto, sem identificar quem é o candidato nos conteúdos:

Exemplo no currículo oculto
Gerente de telecomunicações com graduação em Engenharia de Telecomunicações, com 2 anos de experiência na empresa Brasil Telecom, na área de  supervisão de projetos e análise de redes. Especialização em gerenciamento de TI e segurança em redes, com excelente domínio de inglês e chinês. Prêmio Arthur Walter de inovação tecnológica em 2020.

Observe também como não inserir um resumo profissional no currículo oculto, mantendo informações visíveis e passíveis de viés pelo empregador, por conta dos conteúdos:

Exemplo no currículo regular
Gerente de telecomunicações com graduação em Engenharia de Telecomunicações pela Universidade de São Paulo (USP), com 2 anos de experiência na empresa Brasil Telecom, como supervisora de projetos e análise de redes. Especialista em gerenciamento de TI e segurança em redes, com excelente domínio de inglês e chinês. Ganhadora do prêmio Arthur Walter de inovação tecnológica em 2020, com regras específicas e tema para projetos inéditos.

Note que no segundo exemplo, fica claro que é uma mulher na candidatura, além de ser possível ver a instituição onde se graduou. No caso de um currículo oculto, essas informações podem gerar tendência na hora da escolha entre os candidatos.

Por isso, é sempre importante fazer uso da neutralidade de gênero, sem revelar qual é o do candidato. Além disso, evitar inserir as instituições de ensino onde realizou a formação, cursos e outros tipos de complemento acadêmico de interesse para a vaga.

🎁Dica extra: Da mesma forma que nos CVs tradicionais, a melhor escolha é redigir um resumo profissional para cada uma das vagas. Por conta disso, você pode focar em habilidades e competências específicas para cada oportunidade e processo de contratação, alinhando suas características com o que a empresa realmente busca em um candidato de qualidade.

Mas para quem não quer perder tempo escolhendo design, e focar somente nos conteúdos, temos uma boa alternativa. Confira aqui no site como fazer um currículo para buscar emprego, usando modelos prontos para te ajudar a economizar tempo e criar CVs excelentes.

Seções adicionais

Da mesma forma que os outros conteúdos, as seções adicionais também precisam de certa adaptação em um currículo oculto. Afinal, também existem dados nessa parte do CV que podem criar tendências. Confira como evitar que isso aconteça em um processo de seleção:

Cursos de complementação

Os cursos de complementação são formas de poder deixar o CV mais completo e o profissional mais qualificado. Porém, também podem criar um viés ou uma tendência para quem está realizando a leitura, dependendo de qual instituição foi feito o curso.

Em alguns casos, existem instituições de ensino que são mais bem vistas ou possuem renome. Porém, muitas vezes elas não influenciam na competência do profissional para exercer determinado cargo.

👉 Então, confira quais as regras e maneiras corretas de incluir suas qualificações complementares em um CV oculto para processo seletivo:

  • Não insira ou faça uso da instituição de ensino onde você realizou o curso;
  • Adicione o número de horas que você teve na formação;
  • Insira o ano de início e de conclusão da capacitação;
  • Coloque todas em ordem cronológica decrescente;
  • Se houver a existência de excelente rendimento, adicione também ao CV.

Dessa maneira, você garante que o recrutador avalie seu desenvolvimento e suas capacitações dentro da área, sem se preocupar com o local onde você fez esses cursos.

Idiomas

Da mesma maneira que os cursos complementares, você também pode adicionar idiomas para valorizar seu currículo oculto. Porém, eles também não podem ter o viés da instituição de ensino onde você adquiriu a proficiência.

Portanto, precisam conter somente o grau de fluência que você domina em cada idioma. Afinal, algumas escolas podem ser mais “elitizadas” que outras, criando um ponto de viés para o recrutador sobre sua competência em falar uma língua estrangeira.

Por isso, confira a maneira correta de organização para adicionar os níveis de idiomas que você domina em um currículo oculto: 👇

  • Português: Nativo
  • Inglês: Fluente
  • Espanhol: Intermediário
  • Francês: Básico

E se precisar de mais ajuda para escrever seu CV, não deixe de conferir aqui no site os melhores modelos de currículo oculto. Temos uma ferramenta incrível para você produzir documentos profissionais para arrasar nos processos seletivos.

Interesses

Por sua vez, os interesses também precisam ser escritos e editados de acordo com as regras de um CV oculto. Afinal, podem demonstrar certo viés pessoal por parte do recrutador, dependendo do tipo de hobbie que você desempenha como passatempo.

Então, somente insira em seu CV se as atividades realmente tiverem uma boa relação com as vagas e certa qualidade. Assim, é preferível deixar sem esta seção adicional a criar uma tendência que possa te eliminar entre os candidatos de um processo seletivo.

Existem desvantagens em criar um currículo oculto?

No geral, não existem muitas desvantagens em criar um currículo oculto, nos processos seletivos que admitem esse tipo de documento. Porém, para alguns cargos que exigem alguns requisitos (modelo, promotor de eventos, atletas e outros) pode ser prejudicial.

Afinal, esse tipo de vagas precisam de mais informações sobre o candidato e a contratação se dá com base nesses atributos. Por exemplo, um jogador de futebol que quer uma função como zagueiro, precisa mostrar uma certa altura e peso de acordo com a atuação.

Por isso, não é possível evitar as atitudes de viés e as tendências, sendo quase impossível utilizar um currículo oculto. Mas de maneira geral esse tipo de documento é benéfico e contribui para diminuir o abismo do mercado de trabalho para algumas minorias.

Uma desvantagem é o fato de que este tipo de currículo não é amplamente aceito em quaisquer vagas de trabalho. Dessa maneira, você precisa também ter um currículo tradicional para aplicar a outras vagas.

Então, se você quer começar a criar o seu currículo agora mesmo, clique aqui e confira os melhores modelos e tipos de tema no site. Podemos te ajudar a se inspirar para elaborar documentos profissionais incríveis e conseguir mais entrevistas de emprego.

Perguntas mais frequentes

Por fim, separamos mais algumas perguntas frequentes de profissionais que estão escrevendo seus currículos. Assim, você pode aumentar seus conhecimentos sobre o tema e entender melhor como começar a elaborar excelentes CVs, garantindo mais acesso às vagas de emprego.

O que é um processo seletivo oculto?

Um processo seletivo oculto é quando as empresas realizam triagens de CVs sem conhecer algumas características dos candidatos. Também chamado de blind hiring, são focados totalmente na competência de cada candidato, sem considerar etnia, gênero ou outras características físicas e fatores.

O que é um viés inconsciente?

Um viés inconsciente é uma das questões de interpretação subjetiva do recrutador, sobre alguma característica do candidato no currículo. Assim, eliminando possíveis contratados por atributos de conteúdo que não têm relação com a vaga, como orientação sexual ou mesmo o local onde o candidato mora.

É possível denunciar irregularidades em um processo seletivo?

Sim, se você perceber que alguma vez foi vítima de preconceito durante o processo seletivo, a Constituição Federal (art. 3º, 5º e 7º) e a CLT te garantem a possibilidade de denúncia.

Desse modo, pode enviar ao Ministério Público, após realizar um registro de ocorrência sobre o acontecido no processo e as atitudes discriminatórias ou intervenções.

Artigos similares