Currículo de carpinteiro | Exemplos, dicas e como fazer o seu

A carpintaria é a profissão que cria peças de madeira para vários tipos de construções. Para ter um destaque importante nesse segmento, é preciso saber criar um bom currículo de carpinteiro, para garantir as melhores vagas no mercado de trabalho.

Classificação média para este modelo

5
Rated 5 out of 5
De 1 opiniões de clientes

Afinal, hoje um profissional dessa área tem média de salário oscilando entre R$1807,00, segundo o sindicato da categoria. Porém, esses valores podem aumentar muito, de acordo com a empresa ou o tipo de construção (civil ou naval).

Então, saber como criar um bom currículo pode fazer toda a diferença para conseguir o tão sonhado emprego. Por isso, aproveite as dicas que deixamos ao longo deste artigo e aprenda como criar seus CVs e aumentar as chances de contratação.

Modelo de currículo para trabalhar como carpinteiro

O carpinteiro é o profissional responsável pela montagem de estruturas para a construção. São elas que irão dar sustento para as fundações, janelas, esquadrias, portas e outros componentes em uma obra. Esse é um profissional de suma importância para o bom andamento construtivo.

Por isso, a maioria das empresas que realizam construções precisam desse tipo de profissional para iniciar os processos em um canteiro de obras. Então, aprender como fazer um currículo de carpinteiro é a parte mais importante para quem quer um emprego no ramo.

A maioria dos carpinteiros possui o ensino médio completo, com capacitação em cursos profissionalizantes. Aprender como colocar essas informações em um curriculum pode ajudar a conseguir mais entrevistas e acesso a bons cargos.

Para ajudar você a escrever seu documento profissional, deixamos um modelo de currículo de carpinteiro como exemplo, confira:

Bruno Ferreira Andrada
Carpinteiro naval
+55 (22) 95644-5177
brunoandrada@gmail.com
https://www.linkedin/in/brunoandrada
Portfolio: www.behance.com/carpinteirobrunofa

Resumo de qualificações
Carpinteiro com formação em carpintaria naval pelo SENAI, com 2 anos de experiência como profissional de cofragem. Especialização em confecção de tricapes, docas e escoras para embarcações. Possuo domínio de inglês e francês. Trabalhei na restauração e manutenção do porto de Santos, em 2018.

Experiência
Carpinteiro de cofragem – Prefeitura de Santos (Porto de Santos/SP)
2018 – 2020

  • Escoramento de pilares e vigas;
  • Confecção de tricapes e escoras para estruturas;
  • Orientação na concretagem das lajes;
  • Alinhamento das estruturas para confecção de pilares;
  • Montagem de lajes fixas e móveis para concretagem;
  • Elaboração de portas e janelas para pré-moldados;
  • Outras atividades conforme necessidade do setor.

Ajudante de carpintaria – Sierra Naval (São Paulo/SP)
2016 – 2018

Educação

  • Curso de carpintaria Naval  – SENAI São Paulo (USP)
    2013 – 2016
  • Ensino médio – Escola Estadual Caprese Barut – Campinas/SP
    2010 – 2013

Habilidades

  • Boa comunicação oral;
  • Criatividade;
  • Trabalho em equipe;
  • Disciplina;
  • Boa escuta;
  • Trabalho sob pressão;
  • Colaboração.
Observe que todas as seções são devidamente organizadas, evidenciado a que se referem. Além disso, as informações são objetivas, mencionando os principais feitos sem exageros. Outro ponto importante é a valorização de pontos fortes através das habilidades.

Exemplo de currículo de carpinteiro sem experiência

No caso de quem ainda não tem contato com o campo ou experiência na área, as dúvidas sobre o que inserir no CV sempre aparecem. Afinal, como ingressar no mercado para uma profissão que você ainda não teve desenvolvimento?

Nesse caso, é fundamental focar nas habilidades que você possui, bem como na formação profissional. Assim, você pode conseguir acesso ao mercado em oportunidades como trainee ou júnior. Os salários são menores, mas você adquire experiência para os próximos cargos.

Para mostrar ainda melhor como funciona, deixamos um de nossos modelos com currículo pronto de carpinteiro. Aproveite para se inspirar e agregar seus dados e design:

Caio Silva Pereira
Carpinteiro
+55 (33) 98562-3012
caiospereira@gmail.com
https://www.linkedin/in/caiospereira

Resumo de qualificações
Profissional competente e comprometido com o bom andamento das rotinas laborais. Em trabalhos anteriores, executei funções e tarefas que demandam conhecimento da estrutura e funcionamento da profissão.

Procuro uma oportunidade de executar os conhecimentos e potencial adquiridos durante  a qualificação. Sou um profissional dedicado e organizado, que pretende colaborar também para o crescimento da empresa.

Experiência
Ajudante de obras – Sodimac (Petrópolis/RJ)
2017 – 2018

  • Auxílio na confecção da concretagem;
  • Elaboração de reboco, contrapiso e esquadrias;
  • Acabamento de obras (emassamento e pintura);
  • Montagem e recolhimento de andaimes e escadas;
  • Atendimento de outras atividades relacionadas ao setor.

Educação

  • Capacitação profissional em carpinteiro de formas – SENAI (São Paulo/SP)
    2019 – 2021 (350 horas)
  • Curso de carpinteiro de estruturas de telhado – SENAI (São Paulo/SP)
    2017 – 2019 (400 horas)

Trabalho voluntário
Trabalhei na construção da igreja Nossa Senhora do Amparo, em Duque de Caxias, como voluntário. Realizei a carpintaria para a fundação, revestimento e rodapés das estruturas, como líder da equipe de trabalho.

Habilidades

  • Trabalho em equipe;
  • Boa comunicação;
  • Colaboração;
  • Pró-atividade;
  • Raciocínio lógico/ resolução de problemas;
  • Bom trabalho sob pressão.

Note que neste modelo de currículo para carpinteiro, o profissional não possui muita experiência. Por isso, optou pela valorização das habilidades e da qualificação para a área. Além disso, mostra domínio de um perfil organizado e com boas qualidades.

Então, o que vale a pena colocar em um currículo para carpinteiro?

Outra dúvida comum na hora de imaginar seu currículo de carpinteiro pronto: quais informações são relevantes? Afinal, um currículo muito cheio pode passar uma sensação de pouca objetividade. Um muito vazio acaba gerando a noção de inaptidão.

Para facilitar ainda mais, deixamos algumas sugestões que podem ser excelentes na hora de criar seu CV como carpinteiro, veja quais são:

  • Informações básicas e contatos profissionais;
  • Resumo das qualificações e realizações anteriores;
  • Locais onde já trabalhou com cargo parecido ou atividades relevantes;
  • Formação (cursos, especializações e outros);
  • Idiomas e atividades extracurriculares;
  • Página profissional em site ou redes sociais;
  • Habilidades técnicas e comportamentais;
  • Portfólio com exemplos ou demonstrações de trabalhos feitos;
  • Cartas de apresentação ou recomendações (caso necessário).
  • Outras exigências de acordo com anúncios de vagas
💡Fato: Segundo o site Salário, entre Fevereiro de 2021 e março de 2022 houve um aumento de aproximadamente 28% nas contratações de carpinteiros para a área da construção civil. A maior parte desses empregos é com assinatura em carteira, na modalidade de jornada integral.

Crie um cabeçalho organizado para seu CV

A primeira parte no currículo de um carpinteiro é o cabeçalho, que pode dizer muito sobre seu perfil como profissional. Afinal, é o local onde o recrutador começará a te avaliar, antes mesmo de ver suas qualificações. Portanto, merece o devido cuidado na elaboração e configurações.

Assim, ele deve conter somente o que é necessário para dizer quem é você e como os recrutadores podem te encontrar. Por isso, evite inserir informações pessoais ou dados de contato que poderia informar em uma entrevista de emprego.

Então, confira um exemplo de cabeçalho escrito e organizado da maneira correta:

Cabeçalho Recomendado
Bruno Ferreira Andrada
Carpinteiro naval
+55 (22) 95644-5177
brunoandrada@gmail.com
https://www.linkedin/in/brunoandrada
Portfolio: www.behance.com/carpinteirobrunofa

Além disso, é fundamental entender também o que não colocar nesta seção do seu CV. Portanto, veja como não escrever um cabeçalho:

Cabeçalho Incorreto
Carpinteiro de reforma
Bruno Andrada
Avenida Comendador Martins, N° 58.425
Solteiro, nascimento: 06/03/1990
bruninhopegador@gmail.com
Telefone (22) 95644-5177
https://www.linkedin/in/brunoandrada

É possível perceber que o autor inseriu muitos dados que não são necessários, como o estado civil e data de nascimento. Além disso, as informações estão desorganizadas e o alias no contato do e mail não é profissional, criando a sensação de falta de comprometimento ou informalidade.

Coloque suas experiências e se torne um candidato interessante

As experiências em um currículo para carpinteiro são parte fundamental. Afinal, é através delas que você pode se tornar um candidato mais adequado, já tendo desempenhado a função em empresas e situações anteriores.

Porém, muitos profissionais têm dúvidas sobre o que conta ou não como experiência nessa área. Assim, você pode incluir as seguintes qualificações em seu CV:

  • Locais onde trabalhou e realizou atividades na área;
  • Locais onde trabalhou com habilidades parecidas;
  • Reconhecimentos na área de trabalho (prêmios, méritos e outros);
  • Principais realizações profissionais e projetos;
  • Atuação como autônomo ou consultorias;
  • Portfólio com fotos e comprovações da qualidade do trabalho.

Afinal, como fica o currículo de quem ainda não tem experiência?

Quem ainda não conseguiu desempenhar a função, não precisa se preocupar. Afinal, todo mundo precisa começar de algum lugar, certo? Por isso, você pode utilizar outros cargos que tenham alguma habilidade parecida.

Por exemplo, se uma vaga de carpinteiro exige habilidades criativas ou de disciplina, você deve incluir um desempenho de trabalho com criatividade ou disciplina, em alguma posição parecida, como um ajudante de obras.

Então, veja um exemplo com a forma correta de evidenciar suas experiências nos currículos que escrever: 👇

Exemplo Correto
Ajudante de obras – Sodimac (Petrópolis/RJ)
2017 – 2018
  • Auxílio na confecção da concretagem;
  • Elaboração de reboco, contrapiso e esquadrias;
  • Acabamento de obras (emassamento e pintura);
  • Outras atividades relacionadas ao setor.
Agora, veja também como não colocar suas experiências no modelo currículo de carpinteiro:
Exemplo Incorreto
Ajudante de obras – Sodimac (Petrópolis/RJ)
2017 – 2018
  • Concretagem
  • Reboco e contrapiso
  • Acabamento
  • Outras tarefas
Ao descrever suas funções realizadas, não deixe o texto objetivo demais. Assim, discorra sobre as principais funções e atividades que você desempenhou. Isso pode fazer com que você mostre que é a escolha de candidato perfeita, reunindo todas as aptidões necessárias para o cargo.

Adicione suas habilidades como carpinteiro

Depois de colocar suas experiências, hora de valorizar seus pontos fortes: inclua suas habilidades. Elas são um conjunto de capacitações e comportamentos que fazem dos candidatos os principais favoritos a conseguir as vagas.

Hoje, se dividem as habilidades em técnicas e comportamentais, de acordo com o tipo de qualidade. Para incluir as suas, pense em que funções um carpinteiro executa e quais são as melhores características para esse tipo de trabalho.

👉Além disso, veja algumas habilidades que são muito valorizadas pelos recrutadores em processos seletivos:

Habilidades comportamentais (soft skills)

  • Autogestão (autogerenciamento);
  • Colaboração;
  • Trabalho em equipe;
  • Boa escuta;
  • Habilidades interpessoais;
  • Comunicação;
  • Criatividade;
  • Precisão.
💡Fato: Em algumas empresas, as habilidades comportamentais são muito valorizadas. Segundo a PwC, aproximadamente 91% dos donos e gestores de empresas se esforçam para igualar o nível de habilidades comportamentais com as técnicas e digitais dos funcionários. Isso porque um bom ambiente de trabalho ajuda na qualidade dos serviços e na produtividade.

Habilidades técnicas (hard skills)

  • Cursos profissionalizantes;
  • Cursos complementares;
  • Idiomas;
  • Cálculo e raciocínio lógico;
  • Atenção aos detalhes;
  • Desenho técnico;
  • Códigos construtivos;
  • Leitura e acompanhamento de projetos.

Escreva um bom resumo profissional no currículo de carpinteiro

O resumo profissional é um texto breve com as principais realizações que você já teve ao longo da carreira. Aqui, é preciso deixar o pessoal de lado e escrever de forma objetiva sobre porque você é mais interessante que os outros candidatos

👉Assim, confira como escrever um resumo profissional da maneira correta:

Exemplo Correto
Carpinteiro com formação em carpintaria naval pelo SENAI, com 2 anos de experiência como profissional de cofragem. Especialização em confecção de tricapes, docas e escoras para embarcações. Possuo domínio de inglês e francês. Trabalhei na restauração e manutenção do porto de Santos, em 2018.

Confira também um resumo profissional escrito da forma incorreta e aprenda como não incluir essa seção em seus currículos:

Exemplo Incorreto
Trabalho como carpinteiro com excelentes resultados, na obra e na cofragem. Tenho muita experiência com essa área, que eu domino estritamente. Sou profissional renomado, já participei de obras em estádios e portos, sempre com qualidade e boas relações pessoais. Será uma boa soma para o time de funcionários me contratar.

Veja que o conteúdo não tem praticamente nenhuma identificação das realizações pessoais, focando somente no aspecto pessoal. Lembre sempre que a sua personalidade, o recrutador conhecerá durante a entrevista. Os currículos servem para avaliar sua aptidão e perfil profissional.

🎁Dica extra: Uma super dica é criar resumos profissionais individuais, para cada um dos anúncios ou oportunidades. Assim, você garante que vai inserir as principais informações para a vaga em questão. Afinal, cada empresa e cada cargo possuem um perfil de funcionários.

Outra dúvida comum é como fazer um currículo para buscar emprego? Se você também se pergunta isso, confira como podemos te ajudar. Deixamos as melhores ferramentas para criação de currículo aqui no site, para te ajudar a conseguir mais vagas de emprego.

Seções adicionais

As seções adicionais são partes do currículo de carpinteiro onde você pode complementar os conteúdos do seu perfil. Ou seja, você pode incluir ainda mais informações relevantes para atestar sua qualidade como profissional.

Porém, é preciso incluir essas habilidades com sabedoria e estratégia. Não coloque tópicos que não tenham relação com a área, ou só para “encher linguiça”. Muitas vezes um currículo mais enxuto e bem feito é melhor do que outro com vários dados irrelevantes.

Portanto, veja quais são os melhores exemplos de seções adicionais para incluir em seu CV:

Cursos complementares e atualizações

Ainda que a escolaridade mais incidente para os carpinteiros seja o ensino médio completo, é preciso cursos profissionalizantes para conhecer e executar o trabalho. Então, existem várias instituições que oferecem esses cursos no país.

Por exemplo, o SENAI possui grades curriculares para capacitação na área de carpintaria, de forma gratuita. Além disso, você também pode investir em especializações para se tornar cada vez mais apto.

👉Confira algumas áreas onde pode se especializar para melhorar o currículo de carpinteiro:

  • Carpinteiro de formas;
  • Carpinteiro de estruturas e telhados;
  • Carpintaria de cofragem;
  • Carpintaria naval;
  • Técnico em edificações.

Idiomas

Os idiomas além do Português também podem ser de grande ajuda, caso você queira trabalhar em uma empresa que atua em outros países. Assim, a comunicação é essencial e só pode ser feita quando você tem conhecimento de outras línguas.

Porém, existe uma forma correta de incluir as línguas estrangeiras que você domina, veja qual é e como escrever em seu CV: 👇

  • Português: Nativo
  • Inglês: Intermediário
  • Espanhol: Básico
  • Francês: Básico
⚠️Atenção: Para adicionar seus níveis de conhecimento em idiomas, você precisa focar no que realmente sabe. Uma dica importante é testar seus conhecimentos em sites ou ferramentas online e ver seu nível de fluência. Depois disso, adicione aos conteúdos do seu CV. Afinal, você não quer descobrir que seu nível não era fluente no meio da entrevista, certo?

Portfolio

Por fim, para quem já possui alguns trabalhos prontos, inserir um portfólio pode ser uma boa pedida. Assim, insira fotos de antes e depois ou trabalhos finalizados para mostrar a qualidade dos serviços que já prestou. Ainda, também pode inserir avaliações de clientes ou empregadores.

Existem vários tipos de sites que fornecem conteúdos para portfólios online. Dessa forma, dá para adicionar somente o link no cabeçalho de seu currículo, junto com as redes sociais. Então, não deixe de atestar a qualidade do seu trabalho e se destacar de outros candidatos.

Dicas importantes para otimizar seu CV

Ainda, uma parte fundamental do seu processo de escrita é a otimização. Ela colabora para que os dados fiquem agradáveis e interessantes para quem lê. Com isso, você se torna um candidato mais atrativo para o mercado e os processos seletivos.

Assim, confira algumas dicas importantes de otimização para seu currículo de carpintaria👇:

  • O CV completo deve ter apenas uma página;
  • Na hora de escolher um design, opte pelos mais fáceis de ler;
  • Cuidado com a gramática e ortografia;
  • Crie um e mail apenas para contato profissional, com alias formal;
  • Não invente ou aumente habilidades e qualificações que não possui;
  • Insira somente as três últimas experiências relevantes;
  • Não exagere na quantidade de informação em cada seção;
  • Mantenha uma linguagem amigável, sem informalidade.

Ainda, é possível que cada anúncio de vaga tenha exigências e atribuições diferentes para o processo seletivo. Por isso, confira a descrição do cargo com atenção antes de aplicar sua candidatura, observando cada requisito do anúncio.

Confira o passo a passo para revisar seu currículo de carpinteiro

Então, chegou a hora de conferir todas as informações e dados do seu CV. Afinal, você não quer perder a vaga por uma falta de atenção, certo? A melhor forma de evitar que isso aconteça é fazendo uma boa revisão no currículo.

Dessa forma, é possível melhorar a otimização, encontrar erros de ortografia e até mesmo prestar atenção em algo que esqueceu de colocar. A única maneira de criar currículos impecáveis é praticar.

Portanto, confira o passo a passo para confeccionar seu currículo para carpinteiro👇:

  • Cabeçalho: Identificação e contato profissional
  • Apresentação: Resumo das suas qualificações e seu objetivo profissional
  • Experiência: Outras empresas onde trabalhou antes
  • Educação: Nível de escolaridade e especializações relevantes para a área
  • Habilidades: soft skills (comportamentais) e hard skills (técnicas)
  • Idiomas: Grau de proficiência em idiomas
  • Certificados: Curso realizado, artigo com publicação e outras adições à sua qualificação
  • Voluntariados: ONGs e NPOs
  • Prêmios: Entrevistas, Programa de TV, matérias com mais visualizações e outros méritos
  • Interesses: Preferências, hobbies e outros dados relevantes

Depois de olhar todas as informações, não esqueça de conferir também a otimização. Uma boa dica é entregar a algum familiar ou amigo e pedir uma análise. Assim, caso exista algum dado difícil de compreender, você pode corrigir antes de enviar para o recrutador.

Mas se quiser evitar todos esses procedimentos e diminuir o tempo de escrita do seu CV pela metade, clique aqui. Aqui no site temos modelos incríveis para criar um currículo excelente, sem precisar se preocupar com a organização ou design, focando apenas na escrita.

Adicione uma carta de apresentação ou de recomendação

A última parte do seu currículo são os anexos, que você pode ou não incluir. Eles ajudam a dar mais credibilidade para sua carreira, ou fazer com que o recrutador possa ter um contato maior com seu perfil em um processo seletivo para vaga de trabalho.

Nessa hora, a carta de apresentação é escrita com seus principais interesses e realizações anteriores. É como se fosse um resumo maior do que você já fez (que seja relevante para o desempenho da profissão de carpinteiro).

A outra parte (para quem já tem alguma experiência profissional) é a carta de recomendação. Nesse caso, quem escreve e assina é seu antigo empregador (ou antigos clientes), fazendo uma breve descrição sobre como você executa as atividades de trabalho.

Perguntas mais frequentes

Enfim, se você chegou aqui e gostou do conteúdo, pode querer saber mais sobre seu currículo de carpinteiro. Assim, deixamos algumas perguntas frequentes de candidatos nessa área, que vão facilitar o entendimento e te deixar craque na escrita para documentos profissionais.

Quais as melhores habilidades para carpinteiro?

De forma geral, a carpintaria é um trabalho que exige muita força, disciplina, criatividade e raciocínio para a resolução de problemas. Afinal, o canteiro de obras é um local imprevisível e dinâmico, exigindo tanto a parte física quanto a inteligência para se sair bem na profissão.

Como escrever o objetivo para currículo de carpinteiro?

Para escrever um bom objetivo no currículo de carpinteiro é preciso entender quais as oportunidades dentro das empresas. Assim, estabelecer suas metas profissionais de acordo com cada vaga ou cargo. Não utilize objetivos prontos ou padrão, use a criatividade.

Qual a diferença entre carpintaria e marcenaria?

A carpintaria é uma oficina para construção, com peças voltadas para a área industrial. Porém, a marcenaria é uma posição que trabalha com itens menores, focados em estética e arte, como os móveis de madeira que colocamos em casa.

Por fim, se precisar de uma mãozinha para elaborar seu CV, nós temos as ferramentas perfeitas para isso. Então, confira os melhores modelos de currículos para carpinteiro que deixamos aqui no site e faça sua carreira decolar.

Curriculo de Carpinteiro BR Sydney.pdf

Curriculo de Carpinteiro BR Riga.pdf Curriculo de Carpinteiro BR Prague.pdf
Curriculo de Carpinteiro BR Chicago.pdf Curriculo de Carpinteiro BR Rotterdam.pdf

Artigos similares