Como fazer currículo sem experiência | Exemplos e dicas

Encarar o mercado de trabalho pela primeira vez pode ser uma tarefa assustadora para algumas pessoas. Afinal, como fazer currículo sem experiência e conseguir provar que possui aptidão para desempenhar um cargo, ou uma nova profissão?

Classificação média para este modelo

5
Rated 5 out of 5
De 1 opiniões de clientes

Mas essa situação não precisa ser tão complicada assim quanto parece. Afinal, todo trabalhador precisa começar por algum lugar, mesmo que como aprendiz, não é? Portanto, sempre vai existir uma boa oportunidade para quem oferece qualidade nos serviços.

Então, vamos te ajudar a tornar essa tarefa mais simples, com alguns exemplos e dicas de como fazer o primeiro currículo. Para entender os primeiros passos, é só continuar conosco acompanhando este post, que vamos mostrar como dar o pontapé inicial em sua carreira.

Qual a importância de fazer um currículo mesmo sem experiência?

Um primeiro currículo sem experiência pode parecer sem finalidade, já que você não tem nenhum desenvolvimento profissional para adicionar. Podemos dizer com certeza que isso não tem nenhum fio de verdade, e o primeiro CV é tão importante quanto todos os outros.

Hoje, os processos seletivos das empresas evoluíram muito, abrangendo não somente a experiência, mas outras qualidades. Por isso, mesmo nunca tendo trabalho, seu CV pode falar mais sobre você, do que parece ser possível.

Confira algumas das aptidões que podem ser transmitidas através de um documento profissional bem feito👇:

  • O design e layout trazem informação sobre criatividade, personalidade e organização;
  • O conteúdo do documento mostra desempenho em comunicação escrita;
  • As qualificações mostram suas competências técnicas já adquiridas;
  • As habilidades mostram qualidades importantes para o ambiente de trabalho;
  • A forma como você resume seu CV, mostra capacidade de síntese.

Viu só quanta coisa um recrutador pode analisar somente pegando seu currículo nas mãos? Além disso, seguir as instruções de envio corretamente mostra suas habilidades com disciplina, atenção e capacidade de acompanhar instruções.

Portanto, o seu primeiro CV, mesmo que não possua experiência, é uma forma de abrir as portas do mercado de trabalho. Então, agora que você já sabe o quanto é importante, que tal começar a escrever o seu?

É possível fazer um currículo sem experiência?

Sim, você consegue escrever um documento profissional com chances de contratação, mesmo sem nunca ter trabalhado antes. Assim, o que colocar no currículo sem experiência pode variar de acordo com alguns casos e situações.

Veja os principais tipos de CV sem experiência (ou com pouca) que podem surgir para criação👇:

  • Pessoa que possui cursos, faculdade ou certificados, mas nunca trabalhou;
  • Profissional que quer mudar de área e nunca trabalhou nessa profissão, mas possui experiência em outra;
  • Pessoa que possui pouca experiência, mas sem capacitação;
  • Menor aprendiz que nunca trabalhou, em busca do primeiro emprego.

Assim, cada uma dessas situações exige diferentes modelos de currículo sem experiência. Vale a pena lembrar que são diferentes pontos fortes para aproveitar, e por isso existe uma abordagem de CV própria para valorizar o profissional. Confira quais são elas:

Currículo para quem nunca trabalhou

O primeiro caso é para quem possui qualificações educacionais, mas nunca conseguiu espaço no mercado de trabalho.Um bom modelo de currículo para pessoas sem experiência, que nunca trabalharam na vida, é feito com base em habilidades e qualificações.

👉 Então, confira algumas dicas para começar a escrever o seu CV, caso você nunca tenha trabalho em nenhuma empresa:

  • Valorize seus pontos fortes nas habilidades;
  • Inclua seus cursos complementares, graduação e pós;
  • Escreva um bom resumo profissional;
  • Foque em um currículo otimizado para cada vaga.

Currículo para quem quer começar em uma nova área

Outra situação comum é quando você tem experiência em uma área, mas acaba de concluir o curso superior para algo diferente. Ou de repente, quer mudar de ares e começar uma carreira nova em outro segmento.

Nesse caso, existem algumas coisas para colocar no currículo que podem ajudar, sem descartar suas experiências anteriores. Confira o que fazer nessa hora👇:

  • Use suas experiências em outras funções;
  • Descreva tarefas que possuem habilidades parecidas com a nova área;
  • Capriche nas habilidades, focadas para a nova área;
  • Crie um bom resumo profissional, com as principais realizações em outros empregos;
  • Se possível, crie um portfólio para adicionar projetos já realizados (em outras áreas).

Currículo para quem não tem experiência nem cursos

Por fim, outra situação básica para modelo de currículo para pessoa sem experiência é quem ainda não conseguiu realizar nenhum curso. Ou mesmo um menor aprendiz, em busca do seu primeiro emprego.

Nesses casos, o foco do currículo é somente em valorizar pontos fortes, que possam servir para um emprego inicial. Veja algumas dicas que podem te ajudar a elaborar seu CV de maneira descomplicada:

  • Escreva um bom resumo profissional, com bons argumentos para a contratação;
  • Foque nas habilidades que você possui para o cargo;
  • Aproveite para incluir sua vontade de se capacitar;
  • Adicione sua formação básica (e se houverem realizações durante ela).

Assim, participações em grêmios estudantis, peças e outros feitos durante sua educação também podem ajudar. Além disso, tente mostrar um bom perfil profissional ao longo da escrita, evitando também erros de ortografia e gramática.

Como fazer um currículo só com o ensino médio?

Para quem precisa escrever um currículo sem experiência, mas só tem o ensino médio, entenda que isso não é um “só”. Afinal de contas, você também possui outras habilidades que são eficazes em diferentes tipos de serviços.

Por exemplo, digamos que você goste muito de escrever, e que escreva muito bem. Você possui o ensino médio e uma excelente habilidade de comunicação escrita. Isso deve constar em seu CV, tanto na seção de habilidades, quanto na escrita do documento.

Assim, seu currículo sem experiência profissional só com o ensino médio precisa ser organizado com base em suas qualidades e pontos fortes. Com certeza tem uma vaga esperando por ele, onde você poderá começar sua carreira.

Ainda, se precisar de mais exemplos de currículo sem experiência, é só clicar aqui. Aqui no site temos diversos modelos para profissionais com, ou sem histórico profissional, para você se inspirar e utilizar para escrever o seu.

Como montar um cabeçalho para um currículo sem experiencia

O primeiro passo do seu CV é montar um bom cabeçalho para acompanhar o documento. Afinal, é assim que os recrutadores irão te encontrar durante o processo seletivo. Você não quer perder uma boa vaga porque esqueceu de informar seus contatos corretamente, certo?

Então, o cabeçalho fornece esse tipo de dados pessoais, para que a empresa consiga te chamar para uma entrevista. Mas é preciso manter somente os conteúdos que são relevantes para a vaga e  fase de apresentação do CV, ok?

Isso quer dizer que você precisa manter o básico: nome, número de telefone, e-mail e contato em redes sociais profissionais. Confira como é a maneira correta de adicionar um cabeçalho no CV para primeiro emprego:

Correto
Gabriela Sanches Correia
+55 (13) 99874-3236
E-mail: gabrielascorreia@gmail.com
https://www.linkedin/in/gabrielascorreia
Objetivo: Assistente administrativo, processo seletivo 98/22

Observe que cada informação está organizada e com configurações profissionais, sem informalidade, com site de trabalho e e-mail adequado.  Ainda, o candidato identificou qual o processo seletivo e o objetivo profissional que gostaria de desempenhar dentro da empresa.

Assim, confira também uma forma de exemplo incorreto de adicionar um cabeçalho em seu primeiro CV:

Incorreto
Gabriela Sanches Correia
Telefone: +55 (13) 99874-3236
Estado civil: Solteira, sem filhos
Endereço: Rua dos Passarinhos, nº 25 – Vila Mariana – São Paulo/SP
Data de nascimento: 13/05/2001
E-mail: gabrielascorreia@gmail.com
Site oficial: https://www.linkedin/in/gabrielascorreia

Veja que existem mais informações do que o necessário: endereço, estado civil, data de nascimento e se possui filhos ou não. Tudo isso é assunto para uma entrevista, deixando somente o cabeçalho maior e mais difícil para os recrutadores encontrarem o que precisam saber sobre você.

Além disso, na maioria das empresas, os processos seletivos são lançados juntos. Portanto, um recrutador pode ter até 5 ou 10 acontecendo ao mesmo momento. Por isso, identificar seu nome, objetivo profissional, número do processo e outros dados sobre ele é fundamental.

Afinal, se você não quer ter que formatar todos esses conteúdos em seu CV, aqui no site temos uma ferramenta incrível. Ela pode te ajudar a aprender como fazer currículo para procurar um emprego, sem complicação e de maneira otimizada, não deixe de conferir.

Confira como montar seu primeiro currículo

Para montar um currículo sem experiência, a primeira etapa é o planejamento e organização das seções. Por isso, confira quais delas você pode incluir e como irá desenvolver. Além disso, tire um tempo para pensar em como você gostaria de ser visto em um processo seletivo.

Assim, você pode criar um modelo currículo sem experiência que atenda às necessidades de cada vaga ou anúncio. Deixamos algumas sugestões e resumo de seções que não podem faltar em seu CV, e como desenvolver cada uma:

Resumo profissional/ objetivo profissional

Na hora de aprender como fazer currículo sem experiência, o resumo profissional pode ajudar bastante. Ele é uma breve introdução às suas competências, habilidades e competências como trabalhador. Além disso, exige certo domínio de escrita, aptidão bem valorizada no mercado.

👉 Ele precisa conter no máximo 6 linhas, trazendo motivos pelos quais o recrutador deve te escolher entre os candidatos. Aproveite para escrever um personalizado, focado diretamente na empresa para a qual irá ser candidato.

Aprenda como escrever um bom resumo profissional para um currículo de candidato ao primeiro emprego:

Escrevendo um bom resumo profissional
Resumo profissional

Profissional competente, que valoriza a postura ética e o compromisso com a rotina de trabalho. Possuo as habilidades necessárias para o desempenho da vaga de (inserir o cargo), desenvolvidas através da qualificação profissional.

Procuro uma oportunidade de executar os conhecimentos e potencial adquiridos durante  a graduação (ou capacitação técnica). Sou um profissional dedicado e organizado, que pretende colaborar também para o crescimento da empresa ABC (nome da empresa)

Ainda, um exemplo de currículo sem experiência com bom resumo profissional é criativo, único e sem frases estilo “marketing”. É preciso ser prático e objetivo, fortalecendo ainda mais os pontos positivos que você possui.

Qualificações profissionais

Além disso, para entender como montar um currículo sem experiência, suas qualificações profissionais não podem ficar de fora. Elas compreendem os cursos, faculdades e outras capacitações que você conseguiu antes de procurar um emprego.

Mas se engana quem acredita que precisa inserir um resumo detalhado de tudo que já estudou na vida. É preciso focar em habilidades que sirvam para o cargo. Por exemplo, o que um curso de mergulhador seria proveitoso para um assistente administrativo?

👉 Assim, mantenha somente o que puder agregar em seu CV, deixando os cursos e capacitações mais relevantes para a vaga nesta seção. Lembre sempre que um currículo cheio de dados, não é necessariamente um bom currículo.

Veja um exemplo de como incluir suas qualificações no documento profissional:

Adicionando qualificação profissional ao CV
Formação Educacional

Graduação em Sistemas de Informação – Unimare (Santos/SP)
2015 – 2019 (3500 horas)

Curso técnico de Web Designer – Centro técnico Paula Souza – ETEC (São Vicente/SP)
2013 – 2015 (1200 horas)

Curso Básico de Informática – Microcamp (Santos/SP)
2012 – 2013 (600 horas)

Observe que essa é a parte mais importante do seu CV, que pode garantir o acesso à vaga. Portanto, capriche na hora de adicionar suas qualificações, cursos e competências. Isso pode fazer toda diferença para você ter seu primeiro emprego.

Habilidades

As habilidades hoje são extremamente valorizadas no ambiente de trabalho, já que complementam o bom desenvolvimento dos serviços. São divididas em habilidades comportamentais (soft skills) e habilidades técnicas (hard skills).

As técnicas, são o conjunto de características pessoais para o desenvolvimento do trabalho, podendo ser aprendidas com capacitação ou prática. Já as comportamentais possuem uma relação muito grande com relações interpessoais e qualidade no trato com seus colegas de função.

Confira algumas habilidades muito valorizadas por recrutadores em processos seletivos de empresas 👇:

Habilidades técnicas:

  • Idiomas;
  • Cursos complementares;
  • Atividades específicas da função;
  • Comunicação escrita;
  • Vendas;
  • Atendimento ao cliente;
  • Graduação e pós-graduação;
  • Habilidades de informática e tecnologia.

Habilidades comportamentais:

  • Boa comunicação e conversação;
  • Trabalho em equipe;
  • Colaboração;
  • Boa escuta;
  • Empatia;
  • Proatividade;
  • Ética;
  • Postura profissional;
  • Resolução de problemas

Idiomas

Os idiomas hoje são uma porta de entrada para o mercado de trabalho, principalmente em empresas que desempenham funções ou atendem clientes no exterior. Por isso, é fundamental inserir também essa seção em seu primeiro CV.

Porém, você precisa colocar níveis de fluência que estejam dentro de sua realidade. Afinal de contas, você não quer que o recrutador descubra no meio da entrevista que seu espanhol não é tão fluente assim, certo?

Então, confira qual a forma correta de adicionar seu grau de proficiência em idiomas nas seções de um documento profissional:

  • Português: Nativo
  • Inglês: Fluente
  • Espanhol: Intermediário
  • Francês: Básico

Trabalho voluntário

O trabalho voluntário, caso você preste algum tipo de serviço nesse formato, pode ser uma boa experiência para adicionar ao CV. Mesmo que não haja registro na carteira de trabalho, pode ajudar a mostrar que você possui habilidades ou competências importantes para o cargo.

👉Confira um exemplo de como adicionar o trabalho voluntário em seu CV:

Adicionando trabalhos voluntários ao CV
Trabalho Voluntário
Auxiliar de cozinha – ONG Luz das ruas (Campinas/SP)
  • Participei do auxílio na cozinha para a produção de 800 refeições entregues para moradores de rua e pessoas em situação de insegurança alimentar;
  • Auxílio na higienização e corte dos ingredientes;
  • Preparo das refeições;
  • Entrega e distribuição dos pratos;
  • Limpeza das praças e cozinha.
Portanto, adicione um resumo de texto breve, contando o local e quais as atividades que você desempenhou. Essa é uma das formas de conseguir comprovar uma experiência, mesmo sem nunca ter tido carteira assinada.

Carta de apresentação

A carta de apresentação é um conteúdo mais extenso que o resumo profissional. Durante a leitura, o empregador vai conhecer um pouco mais sobre você e suas características como possível funcionário.

Normalmente, a carta de apresentação vai como anexo ao seu CV, já que é um documento maior. Costuma ser apresentada em uma página A4, no máximo, com fonte de tamanho 12. Aqui, vão detalhes do que você já realizou como projetos pessoais ou coletivos.

Por exemplo, um bom conteúdo para a carta de apresentação são as suas realizações durante a faculdade, escola ou cursos. Este item precisa ser muito bem escrito e planejado, o que pode realmente reforçar suas habilidades como candidato.

Interesses

Os interesses também são outro ponto alto do currículo, colocados como seção adicional. Hoje, muitas empresas valorizam profissionais que possuem hobbies, sites ou atividades extracurriculares que possam contribuir com o serviço a ser desenvolvido.

Porém, nada de colocar qualquer informação somente para completar o CV. Aposte em algum interesse que tenha relação com o cargo que pretende desempenhar, ou que mostre habilidades úteis para a empresa como funcionário.

Como preencher a seção de experiência, sem ter experiência?

Na parte de experiência, você não precisa necessariamente adicionar empregos com carteira assinada. Isso porque, para o mercado de trabalho, o que você precisa demonstrar é o domínio das habilidades necessárias para cada vaga.

Portanto, se você fez estágios ou trabalhos voluntários, isso também conta como experiência. Afinal, você trabalhou, executou funções e desenvolveu habilidades durante essas atividades. Por isso, vale a pena aproveitar para mostrar que você já tem noção do ambiente profissional.

👉 Confira o passo a passo para inserir essas experiências em seu CV:

  • Coloque o nome dos locais onde você realizou estágio, bico ou trabalho voluntário;
  • Não esqueça de inserir a cidade e estado onde essas atividades aconteceram;
  • Faça uma lista de pontos, contando quais as funções que você desempenhou;
  • Não use uma ou duas palavras para escrever cada uma, descreva de forma breve;
  • Por fim, adicione quantas horas ou período de tempo que você trabalhou.

Ainda, você pode colocar trabalhos como freelancer, colaborações e outros tipos de ações e projetos. No geral, a regra é aproveitar suas ocupações para valorizar seu perfil profissional. Mas cuidado: precisam ter relação ou relevância com o cargo para o qual irá se candidatar.

Confira o que não fazer em seu primeiro currículo

Em um currículo sem experiência, os recrutadores nas empresas estarão avaliando com minúcia os detalhes no documento. Como mencionamos, até a forma de você organizar os dados pessoais no CV traz alguma informação sobre suas habilidades.

👉 Portanto, confira alguns conteúdos como exemplo do que você deve evitar na hora de começar a escrever seu CV:

  • Mentir informações ou colocar experiências que não possui;
  • Aumentar níveis de fluência em idiomas;
  • Inserir uma foto sua (a menos que seja uma exigência);
  • Utilizar modelos de textos prontos, para não precisar criar um novo;
  • Colocar “Curriculum vitae/currículo” no título do seu CV;
  • Colocar informações pessoas ou contato além do necessário;
  • Dados adicionais (carta de apresentação ou motivação) devem ser anexos ao CV;
  • Inserir todos os cursos e qualificações que já realizou (foque nos que são relevantes para o cargo que está aplicando).
  • Sites ou redes sociais particulares, sem relação com a apresentação do seu perfil profissional.

Ainda, você não deve de forma alguma criar currículos fora do padrão de tamanho: muito grandes, ou muito resumidos. É fundamental que os recrutadores possam ter acesso a tudo o que é relevante para a atuação na área que você busca um emprego.

Erros mais comuns na confecção do primeiro CV

Mesmo sabendo quais informações evitar em seu primeiro currículo, você ainda pode cometer alguns erros. Assim, mais importante do que não errar, é saber identificar esses problemas e realizar a correção.

👉 Por isso, separamos os principais erros na hora de criar o primeiro currículo, que podem acabar até mesmo tirando sua vaga de emprego nas empresas. Aproveite para tomar como exemplo e correr dos deslizes:

  • Erros de ortografia e gramática;
  • Esquecer de inserir um objetivo profissional no CV;
  • Escrever sua formação educacional em ordem cronológica (o correto é do mais recente para o mais antigo);
  • Utilizar fontes difíceis de ler ou pouco profissionais (utilize Times New Roman, tamanho 12 e maior para seu nome e indicadores das seções);
  • Colocar informações como “Ensino médio incompleto”, que causam a sensação de que nunca será concluído;
  • Contatos antiprofissionais, como “gatinhodavilamariana@gmail.com”;
  • Inserir contato que você não tem mais acesso;
  • Adicionar pretensão salarial ou conteúdo condicional para a vaga.
⚠️Atenção: Outro erro comum que sempre acaba passando batido é o formato do seu CV. Algumas pessoas insistem em enviar como documento do Word (ou outros editores de texto). Porém, esses formatos podem ser desconfigurados por uma série de fatores, além da facilidade em alterar conteúdos no documento. Por isso, sempre mande seus currículos em PDF, a não ser que existam requisitos para outras opções no anúncio da candidatura.

Dicas para fazer um bom primeiro currículo

Para começar a escrever seu primeiro CV, você pode encontrar um pouco de dificuldade no ponto de partida. Portanto, faça um esqueleto das informações já no layout, para facilitar na hora de incluir os dados.

Além disso, deixamos mais uma lista com algumas dicas infalíveis de exemplo, que podem te auxiliar na elaboração e configuração de um bom curriculum vitae:👇

  • Organize bem as informações antes de começar a escrever;
  • Capriche na ortografia e na comunicação;
  • Crie uma boa carta de apresentação para mostrar;
  • Coloque perfil em site ou redes sociais somente quando forem profissionais;
  • Só insira conteúdo relevante e direcionado para o local onde vai aplicar a candidatura;
  • Elabore um bom perfil profissional;
  • Pesquise sobre a empresa e os anúncios de vaga que irá aplicar;
  • Confira todas as informações antes de fazer o envio;
  • Escolha um bom design, com layout organizado;
  • Mantenha todas as informações em apenas uma página;
  • Não invente ou aumente dados e informações sobre suas habilidades;
  • Escreva de maneira profissional, seus textos também contam.

Uma dica importante para melhorar ainda mais seu CV é verificar sempre os anúncios de vagas e os requisitos exigidos. Assim, aproveite para estudar em casa competências como: habilidades em informática, programas e plataformas e conhecimentos específicos.

Então, qual a conclusão sobre seu primeiro currículo?

Enfim, se você chegou até aqui, será que já conseguiu tirar um pouco do medo do primeiro currículo? Como foi possível perceber, a base para criar um bom CV é o planejamento e organização. Assim, fica bem mais simples entender o que colocar ou não.

Portanto, mantenha a calma quando começar e execute todas as etapas com paciência e atenção. Lembre que os detalhes contam muito na hora dos recrutadores avaliarem seu documento profissional. Por isso, todo cuidado é necessário para essa tarefa.

Faça uma boa revisão antes de enviar, pedindo também para que outra pessoa leia. Assim, fica mais fácil de encontrar possíveis erros ou informações faltantes.

👉 No restante, é só seguir a métrica de exemplo: planejamento > esqueleto do CV > preenchimento das informações > revisão >  envio.

Por fim, outra conclusão importante é que somente a prática leva à perfeição. Quanto mais currículos você produzir, mais vai treinar e melhores resultados aparecerão com o treino. Aproveite para começar agora mesmo a escrever sua história nas linhas de seu CV.

Perguntas frequentes

Então, mesmo depois de ler este artigo, pode ser que você ainda tenha alguma dúvida sobre como fazer um currículo sem experiência. Por isso, respondemos algumas perguntas comuns de outros profissionais na mesma situação, nos próximos tópicos. Aproveite para ver neste conteúdo, quais delas podem te ajudar na busca pela vaga de primeiro emprego.

O que colocar no objetivo do currículo para primeiro emprego?

A seção de objetivo no currículo do primeiro emprego precisa ser escrita como qualquer outro tipo de CV. Assim, pesquise sobre a empresa e quais metas você gostaria de alcançar trabalhando nela. Uma boa dica é criar um objetivo para cada anúncio ou vaga que aplicar.

O que fazer quando não se tem experiência no mercado de trabalho?

Para quem não possui nenhum tipo de experiências, é importante focar nas habilidades e qualidades que possui. Afinal, todo mundo tem alguma aptidão e características que podem funcionar bem em determinadas áreas do mercado de trabalho. Basta saber valorizar seus pontos fortes.

Como fazer um currículo simples e fácil?

Muitas pessoas acreditam que um curriculo bom é aquele recheado de informações. Na verdade, um bom CV é aquele que permite ao recrutador visualizar seu perfil, de forma organizada e interessante. Por isso, capriche na qualidade e não na quantidade de dados pessoais.

Mas se você quiser economizar um bom tempo, aqui no site temos os melhores modelos de currículo para te mostrar. Então, não é preciso passar horas escolhendo um design, a gente sugere os mais atrativos, para você utilizar, se inspirar e fazer sua carreira brilhar.

Amostra de CVs para pessoal inexperiente

cv de escrita para pessoal inexperiente Modelos de currículo para pessoal inexperiente
cv com experiência para pessoal inexperiente cv nenhuma experiência para pessoal inexperiente

Artigos similares