Como Criar um Currículo Cronológico

Escrever um currículo cronológico é uma das melhores formas de iniciar a sua jornada em busca de um emprego. Muitas pessoas ficam com receio de se candidatar para algumas vagas anunciadas, e o motivo é o de não acreditarem que possuem as habilidades buscadas pela empresa.

Classificação média para este modelo

5
Rated 5 out of 5
De 1 opiniões de clientes

Em razão disso, muitos candidatos deixam de concorrer a boas vagas por insegurança ou até mesmo desconhecimento das suas próprias habilidades. Entretanto, o que pouca gente sabe é o poder do currículo. Um currículo bem elaborado pode colocar um candidato menos qualificado na frente de um mais qualificado.

Tudo em um currículo deve ser pensado e analisando estrategicamente, com o objetivo de mostrar ao recrutador que você é o candidato ideal para vaga. Uma dessas estratégias está relacionada à estrutura. Um currículo bem estruturado tem mais chances de ser lido por inteiro.

Organizando o Curriculum Vitae

Antes de começar a escrever o seu currículo, é importante ter em mente que todo currículo precisa ter algumas seções importantes. Cada uma dessas seções é responsável por transmitir um tipo de conteúdo ao recrutador, colocando o candidato como o mais adequado à vaga.

  • Cabeçalho: nome, estado civil, contato (e-mail, site, redes sociais – LinkedIn);
  • Resumo/objetivo de currículo: resumo profissional com objetivos de trabalho;
  • Experiência de trabalho: atividades anteriores, como empregado ou autônomo;
  • Educação: dados sobre a faculdade, cursos e certificações que realizou;
  • Habilidades: listas de palavras que mostrem suas capacidades profissionais;
  • Adicional: opções adicionais sobre cursos, idiomas, interesses e hobbies;

Essa é a estrutura padrão de um currículo de um candidato que pretende ser contratado. Sem uma dessas seções, o currículo pode ser desconsiderado e a esperança do novo emprego ir por água abaixo. Quanto mais conteúdo sobre você o seu currículo tiver, melhores as chances de ser contratado.

Cada uma dessas seções precisa ser preenchida pelo candidato com um conteúdo específico. Vamos pegar de exemplo a seção relativa à trajetória de trabalho, ou experiência profissional como também é usada. Nessa seção o candidato experiente deve informar o histórico de locais em que trabalhou.

Mas inserir no seu currículo informações dos seus antigos empregados sem qualquer tipo de organização pode confundir o recrutador e levar a sua desclassificação. Escolher uma forma de estruturar os dados é essencial para obter sucesso na hora de se candidatar.

Espécies de Estruturas de Um Currículo

No mercado de trabalho, existem vários tipos de candidatos em busca de emprego. Existem aqueles candidatos mais experientes, os candidatos em busca do primeiro emprego e também candidatos que possuem algumas experiências de trabalho, mas irrelevantes para a vaga que está concorrendo.

Para cada um desses tipos de candidato, existe uma estrutura adequada para elaborar o seu currículo: o formato cronológico, o formato funcional e o formato combinado ou misto. Essas são as três melhores formas de organizar as informações de um currículo, em resumo:

  • Formato currículo funcional: esse formato é o mais apropriado para quem está em busca do primeiro emprego e não possui muitos dados de antigos empregadores. As informações que vão em destaque são as habilidades e outras qualificações.
  • Formato currículo combinado ou misto: nesse formato há um equilíbrio entre as qualidades do candidato e o seu histórico de trabalho. Uma mistura de experiência profissional e habilidades de trabalho fazem dessa estrutura a preferida de quem busca mudar de área.
  • Formato cronológico: também conhecido como formato cronológico reverso, esse é o formato de currículo que estrutura as informações de modo a  destacar a experiência do candidato . Uma ótima opção para quem busca recolocação no mercado de trabalho.

Os recrutadores preferem currículos estruturados com um dos três formatos citados, mas claro que as empresas que buscam profissionais com experiência profissional acabam por privilegiar os candidatos que elaborarem currículos corológico.

O Currículo Cronológico – Do Começo Ao Fim

Na mitologia grega, Cronos era um dos titãs. Filho de Gaia e Hidros – céu e terra – Cronos era responsável por governar o tempo. Assim, todos os mortais e também imortais, estavam sob o controle de Chronos. Nada escapava aos titãs Cronos, o deus do tempo.

Desse deus, originou-se a cronologia, uma ciência responsável por estudar e compreender o tempo e a sucessão de fatos que compõem a vida humana. A organização dos eventos de uma ordem cronológica, nada mais é do que organizar os eventos em uma ordem sequencial.

Na ordem cronológica, que rege as nossas vidas, cada evento ocorre após outro evento. Uma pessoa nasce, vive e depois morre. Essa é a ordem cronológica supremas por excelência, mas todo e qualquer evento de nossas vidas pode ser organizado de uma forma cronológica.

Porque Fazer um Currículo Cronológico?

Ao elaborar um currículo o candidato está em busca de se qualificar para um emprego. Afinal, a melhor maneira de se apresentar apto para determinado cargo é mostrar que você possui as qualidades necessárias. O modelo cronológico mostra a evolução dessas qualidades de uma forma objetiva.

Ao inserir os dados no seu currículo de uma forma ordenada, você mostra ao recrutador a sua evolução profissional. No currículo cronológico você vai inserir todos locais em que trabalhou, os cursos que realizou e as atividades das quais participou, de uma maneira cronológica.

Assim, o recrutador vai perceber a sua evolução enquanto profissional e o seu desejo de estar sempre em evolução. A organização do seu currículo de uma forma cronológica vai beneficiar a sua candidatura, principalmente quando concorrer a vagas das quais tem experiência.

Exemplo de Currículo Cronológico

Rafael Rodrigues
Advogado
011954321000
rafaelrodrigues@gmail.com
São Paulo, SP
Linkedin.com/in/rafaeladvogado

Resumo Profissional
Formado em Direito pela Faculdade de Ciências Jurídicas do Estado, tenho especialização em direito tributário. Como advogado tributário, trabalhei em escritórios de consultoria em tributos, prestando serviços de planejamento tributário e também em demandas de contencioso. Estou cursando mestrado em Direito Administrativo sob o tema “Estado e Política: Os Impostos Como Forma de Coerção Social.”

Experiência de Trabalho

Escritório de Advogados
Advogado Tributário Pleno
Janeiro de 2014 – Maio de 2015

  • Apoio aos advogados tributários, elaborando peças processuais e consultas jurídicas;
  • Acompanhamento de julgamento e participação de audiências em sustentação oral;
  • Reuniões com os clientes para apresentação dos resultados obtidos no trimestres;

Elaboração e envio de questionamentos tributário junto a Receita Federal do Brasil;

Escritório de Advogados
Advogado Tributário Pleno
Agosto de 2015 – Janeiro de 2018

  • Apoio aos advogados tributários, elaborando peças processuais e consultas jurídicas;
  • Acompanhamento de julgamento e participação de audiências em sustentação oral;
  • Reuniões com os clientes para apresentação dos resultados obtidos no trimestres;
  • Elaboração e envio de questionamentos tributário junto a Receita Federal do Brasil;

Advogados Associados
Advogado Tributário Sênior
Maio de 2018 – Atual

  • Responsável por responder consultas de clientes sobre as mudanças tributárias da lei;
  • Participação em congressos e seminários organizados pelos sócios do escritório;
  • Atuação no contencioso tributário em demandas que envolvam IRPJ e PIS/COFINS;
  • Líder de toda a equipe de tributário do escritório, em processos de consultorias;

Educação
Bacharelado em Direito
Faculdade de Ciências Jurídicas de São Paulo
Previsão de conclusão para Dezembro de 2013

Atividades complementares
Voluntário em ações de combate a violência no Estádios de Futebol de São Paulo;
Atendimento a comunidade no plantão de dúvidas jurídicas coordenado pela faculdade;

Certificado
Mestrando em Direito Tributário pela Faculdade de Ciências Jurídicas do Estado, com a tese de mestrado “Estado e Política: Os Impostos Como Forma de Coerção Social.”

💡 No exemplo de currículo cronológico acima, note que a ordem do histórico profissional do candidato é apresentada de ordem cronológica. Do primeiro emprego até o último. Mas o currículo cronológico pode ser apresentado de outras maneiras.

Os Tipos de Currículo Cronológico

Como você sabe, o currículo cronológico é aquele onde as informações são apresentadas em ordem sucessiva. Entretanto, há outras formas de apresentar os dados do candidato em ordem cronológica. Atualmente, existem os modelos de currículo funcional e cronológico inverso.

Currículo cronológico funcional

No formato cronológico funcional, o candidato vai misturar a apresentação cronológica dos eventos da sua carreira, como empregos e cursos, com as habilidades e competências que precisam ser apresentadas em ordem. Nesse tipo de currículo cronológico o objetivo pode ser vir primeiro que a experiência, assim como a formação e ensino superior.

Currículo cronológico inverso

Já no formato cronológico inverso, o mais comum, as informações relativas aos empregos são apresentadas da mais recente à mais antiga. Assim, o recrutador toma ciência das funções que o candidato vem exercendo nos últimos anos. É a melhor opção de cv para quem busca um cargo melhor na carreira.

📌 Quais as vantagens de um modelo de currículo cronológico?

Vale destacar que elaborar um currículo ordenando sua experiência profissional e educacional de forma cronológica é vantajoso em algumas situações, a depender dos seus objetivos.

Há sempre uma forma adequada para elaborar o seu currículo e a ordem cronológica é a mais adequada para quem busca uma progressão na carreira, como um aumento ou um cargo superior.

Colocar o seu histórico profissional em ordem cronológica mostra sua evolução ao longo do tempo, e passa a mensagem de que você é um profissional especialista e dedicado àquilo que você faz. Claro que esse tipo de currículo é indicado para quem está em busca de um cargo para ganhar mais.

Se você quer mudar de área ou ainda não possui experiência, o currículo cronológico pode ser uma armadilha. Nesse caso, existem os outros formatos mais adequados como o misto ou o funcional.

👍 Quando usar o currículo cronológico

  • Se estiver em busca de um salário melhor
  • Se ainda continua empregado
  • Se for um profissional experiente
  • Se possuir poucas mudanças de emprego

👎Quanto não usar o currículo cronológico

  • Se quiser mudar de área
  • Se ficou um tempo desempregado
  • Se não possuir experiência
  • Se tiver muitas mudanças de emprego

🎁 Modelo currículo cronológico pronto

Para quem está em busca de um emprego e quer usar o formato cronológico para elaborar o seu currículo, usar um modelo de currículo cronológico pronto é a melhor alternativa. Escrever o seu currículo com base em um modelo já estabelecido é ótimo para evitar erros e confusões.

Os modelos de currículo são uma ótima opção para quem quer ser chamado para entrevistas, assim como um construtor de currículo. Ao usar um modelo de um construtor você vai ter um caminho mais adequado para seguir na hora de fazer o seu cv. Seja um currículo cronológico em inglês ou em português, começar por um modelo sempre é a melhor escolha.

Aqui na CriarCV você vai encontrar os melhores modelos de currículo cronológico para sua candidatura. Aproveite suas características e crie um perfil de candidato com um currículo cronológico moderno. Conquiste o empregador em apenas uma página com nossos currículos.

Melhorando seu currículo cronológico

Confira algumas dicas que vão melhorar ainda mais a sua apresentação profissional.

  • Use palavras de ação (realizo, executo, estudo, observo) e palavras-chave.
  • Escolha o formato e o layout mais adaptados às suas qualificações.
  • Valorize suas realizações e dê o merecido destaque ao seu currículo.
  • Personalize o seu título sempre de acordo com a descrição da vaga.
  • Use marcadores para realçar informações relevantes.
  • Revise seu currículo para se livrar de erros ortográficos ou gramaticais.

Resumo: currículo cronológico pronto

  • Faça um resumo das suas experiências profissionais
  • Coloque elas em ordem crescente, da primeira até a última
  • Análise do currículo apresenta sua evolução enquanto profissional
  • Caso necessário, altere o formato para cronológico inverso ou funcional

Complemente seu CV com uma carta de apresentação

Use uma carta de apresentação para aumentar suas chances de conseguir um bom emprego. Conte um pouco da sua história, seus objetivos e desafios que fizeram você se candidatar para a vaga. Use nossos exemplos de carta de apresentação para largar na frente.

Perguntas e respostas de candidatos em busca de emprego

Qual a diferença de um currículo cronológico para um currículo funcional?

O currículo cronológico é aquele onde o candidato dá destaque para sua experiência de emprego e de estudos. Nesse formato, o histórico de empresas em que trabalhou é mais importante que as competências do candidato. Já no funcional, o candidato coloca em destaque o seu conhecimento, suas habilidades e competências.

Quais são os três tipos de currículo?

Os três tipos de currículo são: o currículo cronológico (que pode ser cronológico inverso ou cronológico funcional), o currículo misto ou combinado e o próprio currículo funcional.

O que é um currículo cronológico inverso?

Um currículo cronológico inverso coloca as informações do candidato de trás para frente, ou da última para a primeira. Assim, o último emprego aparece em primeiro lugar na ordem, enquanto o primeiro emprego vai aparecer no fim da lista de experiência profissional. É uma ótima forma de mostrar evolução do candidato.

Qual deve ser a ordem do currículo?

Tudo vai depender das capacidades do candidato. Se o candidato possuir experiência, o cronológico é uma ótima opção. Caso contrário, usar o funcional pode destacar outros pontos como habilidades e conhecimento. Já o misto é uma ótima maneira de juntar todos os pontos fortes em um único cv.

Use nossos modelos de currículo cronológico pronto!

Artigos similares